segunda-feira, janeiro 08, 2007

Bela vista: Rio Branco com a ponte dos Macuxi e a Serra Grande ao fundo
Foto: Jessé Souza


Segredo dos essênios

Os que defendem o desenvolvimento a qualquer custo, sem observar e respeitar a natureza, estão cavando seu próprio túmulo. As populações indígenas, um dia, em algum lugar do futuro, serão reconhecidas como a cultura que mais perto esteve da perfeição.
Nossos ancestrais já sabiam disso. Os essênios foram os primeiros da Humanidade a perceber isso:

“Um trecho dos Manuscritos do mar Morto narra o motivo pelo qual os antigos essênios se afastaram das áreas urbanas de sua época, formando suas próprias comunidades no deserto: ‘Os filhos da luz sempre viveram onde os anjos da Mãe Terra se regozijam: perto dos rios, perto de árvores, perto de flores, perto da música dos pássaros, onde o sol e a chuva abraçam o corpo, que é o templo do Espírito’”.

(fragmentos do livro Efeito Isaías – Decodificando a Ciência Perdida da Prece e da Profecia, de Gregg Braden).


Pedaladas e circo

Jessé Souza* Definitivamente, não dá mais para entender o Brasil depois das últimas decisões políticas e judiciais. A cassação da pre...