sexta-feira, agosto 07, 2015

Flores e vidas

Jessé Souza*

Parece tão fácil organizar Boa Vista. Bastou instalar uma dezena de semáforos nos principais cruzamentos da cidade para começar a perceber que o trânsito pode ficar organizado. Mas por que não pensaram nisso antes? Por que esperaram muitas vidas serem ceifadas ou gente ficar mutilada? Por que cuidaram antes dos jardins em vez de cuidar do trânsito?

As perguntas não são difíceis de serem respondidas. Não cuidaram antes porque não quiseram. Porque colocar semáforos e sinalização não custa muito caro e não dá para tirar fatias gordas para a corrupção. Não fizeram porque não é interessante cuidar da saúde e do bem-estar das pessoas antes de pensar no bem-estar político e partidário deles e de seus grupos.

Assim com não cuidam de coisas simples para melhorar a vida das pessoas, porque coisas simples não se transformam em altas porcentagens. Também não é interesse deixar a cidade e o Estado sem problemas, porque são exatamente esses “gargalos” (eles gostam de falar essa palavra) que justificam votos, recursos e projetos que nunca são tirados do papel.

Já esquecemos que o “astronauta de mármore” Marcos Pontes chegou pomposo, por aqui, prometendo que iria transformar Roraima em primeiro e único “Estado 100% ecológico”.  Por que não voltou mais? Por que não se ouviu mais falar nisso? Primeiro que os políticos não iriam querer que isso desse certo. Depois, esse projeto cheirou a enganação.

Sem astronauta, podemos transformar essa cidade em exemplo para o mundo, pois somos um lugar não apenas pequeno geograficamente, mas também em população, do tamanho de um bairro de Manaus (AM). Mas quem deseja isso? Que político quer fazer as coisas certas, uma vez que executar projetos de forma correta não dá dividendos financeiros?

Começaram a instalar semáforos porque não dava mais para ficar enganando. Não haveria mais justificativa manter milhões para adubar, plantar e irrigar flores enquanto muita gente morria e ficava mutilada nesses cruzamentos em que rotatórias eram jardins que só enfeitavam a falta de políticas públicas.

Por favor: ninguém em sã consciência é contra arborização e cidade florida. Que fique bem claro! Boa Vista fica bonita e harmonizada com as flores. Mas não podíamos mais priorizar os jardins em favor de uma guerrilha gratuita no trânsito.

Esses semáforos não são nenhuma maravilha do novo mundo. Eles chegaram atrasados ao menos uns dez anos. Mas são prova cabal de que os políticos podem fazer, sim, quando querem, quando há vontade política. Principalmente quando vem mais uma eleição por aí. É preciso mais pressão para que as autoridades cumpram com suas obrigações básicas.

P.S.: Artigo publicado originalmente na Folha de Boa Vista

*Jornalista
jesseroraima@hotmail.com

Pedaladas e circo

Jessé Souza* Definitivamente, não dá mais para entender o Brasil depois das últimas decisões políticas e judiciais. A cassação da pre...